quarta-feira, janeiro 19, 2005

de volta

depois de muitos atropelos. de volta. cheia de saudades de voltar a escrever-me e de me perder novamente aqui. no meu canto. encanto e tão cheio de emoções. naufrágios sucessivos. num barco que se mantém sem rumo. sem bússola. orienta-se pela luz da noite. o luar e as estrelas. eu. só.