segunda-feira, outubro 09, 2006

o amor

porque acabamos sempre a falar dele. com ele. ou por causa dele. o amor é uma merda. o amor é fodido. o amor é apenas o que é. inevitavél. absoluto. definitivo. imenso. nosso. intímo. às vezes demasiado intrasmissivél. o amor pode ser tudo isto. num beijo prolongado. num olhar que se fixa. na palavra. no gesto. num silêncio de sorrisos. pode não ser nada disto. não sei. nem sei mesmo se quero saber. para mim é o que é. dói o que dói. e vale sempre a pena vivê-lo. em absoluto.

6 comentários:

jj disse...

Gostei tanto, tanto, tanto de tudo aqui que não tenho palavras... Continua exactamente assim, por favor. Jinhos.

katraponga disse...

E é tudo o que vale a pena...

Bubbles disse...

brilhante definição, mesmo. tudo aquilo que eu quis dizer e nunca arranjei palavras... por isso nunca quis definir o amor. mas tu, fizeste-o na perfeição :)
beijinho

Gogo disse...

Tive pouco tempo no teu blog .. mas pelo que vi.. parabens... nao deixes de escrever porque so irias perder com isso e nos ainda mais ...

MariadaLua disse...

A todos:

pelas palavras, pela companhia, pelo incentivo.
OBRIGADO!

Sam disse...

Não podia estar mais de acordo...
e venha mais dor, que seja mais fodido ainda, porque quem gosta, quem ama, está cá para isso.
É como digo, é um veneno ao qual não podemos resistir...