quarta-feira, março 28, 2007

porque danço

"Não sou nada.
Nunca serei nada.
Não posso querer ser nada.
À parte isso, tenho em mim todos os sonhos do mundo."
Álvaro de Campos

Porque danço a meio do dia. porque abro os olhos num sorriso imenso para o mundo. porque choro. porque me provo. porque erro. porque espero sempre alguém. porque sonho sempre de olhos abertos para o futuro. Porque sou inteira quando te amo. Porque sou absoluta. Porque sou cavalo selvagem. porque sou a liberdade na flor. porque sou a presa fácil do amor. porque sou assim. apenas eu. apenas sonho. nuvem de fantasia. porque sou toda em ti. porque nada deixo para mim. porque me abraço. porque tenho frio. porque me acaricio. porque tenho fome. de ti. porque me olho ao espelho. e não te vejo. porque rodopio sozinha a meio do dia. porque sonho. Sempre. muito.

4 comentários:

marta disse...

continua a sonhar Maria da Lua. e que possas transpor os teus sonhos para os textos maravilhosos a que já nos habituaste :)

é muito bom ler-te, sempre 1 surpresa, sempre bom :)

delusions disse...

"porque sou toda em ti. porque nada deixo para mim. porque me abraço. porque tenho frio. porque me acaricio. porque tenho fome. de ti."

Mais um texto que nos deixa com vontade de te reler. Destaco esta parte, uma das que gostei em especial.

Bjs* e bom fim-de-semana

almaimersa disse...

...a superioridade de podermos alcançar o intangível vivido intensamente por força do tempo que é escasso e da vontade da alma...

Gosto da tua escrita :)

mari crrrrruuuu... disse...

É tão bom sonhar acordada e ver o mundo com olhos de quem acredita sempre que é possível ser ainda mais feliz! :D
bjinho*