quinta-feira, abril 26, 2007

um novo mundo

amanhecer é isto. espreguiçar-me perante a janela. desvendar um novo mundo agarrada às paredes carregadas de telas. que me falam de ti. cruzar o olhar com o céu. descobrir nele as cores de sempre. e ficar feliz por isso. por estar aqui. a perscrutar com o meu divino olhar a massa de mundo que se estende à minha frente. sempre nova. porque há uma racha nova no vaso que se esconde no parapeito da janela. porque a cadeira onde me sento, para tomar o café, é tão antiga, reparo só hoje. e sempre sentei aqui desde sempre. a parede é azul. azul a imatar o céu lá fora. amanhecer é dizer-te bom dia. novo mundo. meu. tão meu. que fecho as portadas das janelas e vou para a rua. à procura de outros mundos, espreguiçando-me por outras janelas de onde se avistam outras telas.

7 comentários:

Sebastiao Moura disse...

Nunca tinha visto um amanhecer dessa forma...

xapinhas disse...

um doce amanhecer deveria incluir um beijinho no ombro nu :)... inspirado por numa flor bem vermelha (como aquela de ontem). beijos

estorinhar disse...

Cada amanhecer, um novo amanhecer... da vontade da viver!

mari crrrrruuuu... disse...

Um amanhecer novo a cada dia, sem cair na rotina um gesto tão comum, tão repetido...

bjinho*

delusions disse...

Gostei muito deste amanhecer.

Bjinhos* boa semana

Anónimo disse...

deveríamos fazer de cada amanhecer único, gostei...


Luci
:)

starfish disse...

tão bom :) gostei