quarta-feira, junho 07, 2006

regressos

gosto do movimento dos teus dedos. como eles percorrem as teclas e lhe emprestam alma. como as letras no ecrã compõe descrevendo silêncios, dos quais ainda não sei falar. gosto do arrepio constante que as tuas palavras me provocam. gosto quando voltas. como se não te tivesses ido. como se a vida tivesse parado naquela estação de comboio apinhada de pessoas que não entendiam que iria ficar sem ti. para eles erámos mais um casal de namorados que se separava. para mim era muito mais. era eu sem ti. sem o teu cheiro. o teu corpo para me embalar ao som das histórias de amor que escrevias para esconderes a nossa. a que se escondia nas quatro paredes da casa arrendada para escreveres apenas o livro. eu era o resto. o chá de canela sempre quente na chávena perto do computador, o cinzeiro despejado vezes sem conta durante o dia, era o passeio breve pela areia molhada ao fim da tarde, era o corpo meio adormecido e espraiado na cama que acordava no toque molhado dos lábios. eu era isso tudo. e era tão pouco...

sem despedidas apenas te levei à estação e te disse adeus. não erámos por isso um qualquer casal de namorados. nem pai e filha, aviso os mais destráidos que não reparam na paixão que transbordava dos nossos olhos. erámos alguma coisa. alguma coisa que regressou.

a praia por horizonte. tu aqui tão perto. os vestidos compridos brancos que escondem o desejo do meu corpo e lhe impingem pureza. de novo. quanto tempo? outro livro? o que afinal te levou a regressar? eu continuo aqui por detrás da chávena de chá, deitada na cama à espea que as palavras parem dentro da tua cabeça e a tua possas descansar no meu colo.

3 comentários:

Filha do Mar disse...

Regressos Perfeitos, inesperados, surpreendentes, tristes, emocionantes, criativos, sensuais, dolorosos, dimensionais,etc...
Regressos que provocam em nos sentimentos e compaixoes ;)

adorei o teu cantinho...

um beijooo ***

Cátia disse...

Absolutamente lindo... Adoro mesmo a tua forma de escrever =)
Beijinho*

Vítor disse...

Muito bem!